13 de novembro de 2010

Entropia organizada

É, realmente aulas de físico-química são ótimas inspiradoras de texto (mas eu entendo a matéria também ;D).

Dê uma olhada nas coisas ao seu redor. Elas parecem organizadas? (se você estiver no seu quarto (pelo menos se estivesse no meu) elas não estariam). Ok, podem estar bagunçadas. Mas vamos olhar mais fundo, mais de perto. Vamos dar um pequeno zoom.

As moléculas que compõe a matéria ao seu redor. Elas estão organizadas, não estão? Estão, pois se não estivessem, não veríamos uma mesa, um teclado, um monitor, nada.

Olhando de uma forma macro agora.

O universo.

Ele é organizado também não é? Os planetas todos girando em suas órbitas, as estrelas brilhando ‘quietas’ na imensidão do espaço, os cometas percorrendo quilômetros e quilômetros, os mesmos sempre, por milhares de anos. Tudo muito organizado.

Errado.

A tendência natural do universo é se desorganizar.

A energia, naturalmente, sempre vai se espalhar. Mas, se tudo sempre tende a ficar bagunçado (vemos o exemplo de nossos próprios quartos – use essa desculpa com a sua mãe! ;D), como foi que a vida se organizou? Se a energia não pode simplesmente se organizar sozinha para criar algo complexo, como existimos?

Acho que a ciência só não acredita em Deus porque não quer...

O fato é que até mesmo a desordem tem uma ordem. Haha, estranho? Sim, mas verdadeiro.

Ela se chama Entropia.

A entropia é a medida da desordem.

Uma medida é algo que tem uma lógica, um padrão, uma ordem. Então a desordem possui ordem. A bagunça é organizada, tem um sentido, forma, força e direção.

A própria ‘bagunça’ do universo, por si só, tem “regras” a seguir, coisas que ela sempre faz, coisas organizadas.

Por exemplo: sempre que uma estrela morrer, ela explodirá, causando desordem. Sua energia se espalhará para todos os lados. Sempre, nunca vai mudar. É a ordem na desordem! Porque algo que segue um padrão, possui uma organização!

Só que na questão da organização em coisas mais complexas, é diferente. A diferença é que ela não se organiza sozinha (assim como o seu quarto ;D).

Por trás da arrumação (aparente) do quarto, por exemplo, estamos nós. Por trás da organização (real) do universo em galáxias, sistemas, estrelas, planetas e vidas, está Deus.

A ciência, por suas próprias teorias, leis, regras e lógicas, poderia muito bem acreditar em Deus, seria só eles quererem, sem ter que crer em nada que não tenha explicação. A explicação está aí, na frente deles, eles é que não querem enxergar.

Ordem a partir do Caos? Sim, foi o que houve. Mas não foi o próprio caos que se organizou sozinho. Há uma área da ciência que prova isso, como outra pode acreditar nessa teoria?

Tsc tsc.

O que você achou?

1 comentários:

Ricardo disse...

Uma desordem organizada?! Hehehe! Curti!
Mas qual seria o significado de Desordem? Será que ela realmente existe? Ou será apenas uma fase da Ordem,
a fase na qual ela se Reordena, e esse período de reorganização é a Desordem... ou seja, teoricamente a
Desordem não existe sozinha, mas faz parte da Ordem.
E quanto a Deus, prefiro não ocmentar, Atualmente me considero um homem da ciência e prefiro não misturar
religião, mas certa vez ouvi dizer que se for para unir Deus e Ciência podemos dizer que quem originou
o Universo foi Deus e a partir daí, nós já conehcemos a história, ou pelo menos parte dela ;)
E é nisso que acredito até que me provem o contrário.

Postar um comentário

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Online Project management