24 de janeiro de 2012

A breve segunda vida de Bree Tanner

Título: A Breve segunda vida de Bree Tanner
Autor: Stephenie Meyer
Editora: Intrínseca
Páginas: 190
Skoob: Livro

Pela primeira vez Stephenie Meyer oferece aos fãs uma nova perspectiva do universo de "Crepúsculo". Na voz de Bree Tanner, uma jovem vampira integrante do violento exército de recém-criados que assola a cidade de Seattle no terceiro volume da série, "Eclipse", somos apresentados ao lado sombrio da saga. Bree vive nas trevas, sedenta por sangue. Não conhece sua verdadeira natureza e não pode confiar nos de sua espécie. Sua breve história acompanha a semana que antecede o confronto definitivo entre os recém-criados e os Cullen - a última semana de sua existência.

Percebe-se a forma de escrita de Meyer nas páginas desse livro tão claramente quanto nos da série Crepúsculo. Muitos dizem que Meyer não é uma grande escritora, que fez uma série explorando medos adolescentes e tudo o mais, e por isso fez sucesso entre eles, comparam-na a J. K. Rowling e falam que nem chega perto. Eu discordo completamente, ou quase. Realmente ela não chega muito perto de Rowling, que criou um universo totalmente novo que cativou crianças, jovens, adultos e idosos em todo o mundo e se bobear em outros também. Mas aí falar que ela não sabe escrever, já é demais.

Sou um fã da saga Crepúsculo e já li quatro vezes cada livro, pois sou da filosofia de que quanto mais você relê um livro, mais entende da história e mais fascinante ela fica.

A breve segunda vida de Bree Tanner conta a história de Bree, uma vampira recém-criada que, do ponto de vista da Bella, não vive mais que cinco minutos, como a Stephenie fala no prefácio do livro. Para a história de Bella e Edward, a vida de Bree Tanner não é nada importante. Porém, através deste pequeno livro conhecemos um pouco do verdadeiro universo de um recém-criado, e ainda mais de um exército de recém-criados, que são apenas mencionados quando Jasper conta sua história à Bella.

Ao correr da história, acabei me afeiçoando à Bree e desejando que ela tivesse um fim diferente, que não envolvesse sua morte.

Este livro nos mostra o planejamento de Victoria para tentar chegar até Bella e matá-la, e diz também por que Bree simplesmente se rendeu aos Cullen. Na verdade, nem lutar ela queria, mas foi forçada a isso.

É um livro pequeno, gerando uma resenha pequena, mas isso não quer dizer que ele não seja interessante. Talvez não acrescente nada para a história, mas, ainda assim, vale a pena como uma leitura desestressante e rápida.
O que você achou?

0 comentários:

Postar um comentário

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Online Project management