23 de dezembro de 2011

Então é Natal...


E o que você fez? O ano termina... E nasce outra vez...
Ok, me desculpe ter feito você cantar mentalmente essa música.
Mas ela não deixa de ser uma verdade absoluta, e ainda a será por todos os anos em que alguém ainda lembrar dela (e, pela forma com que gruda na mente, acho que vai demorar para ninguém mais lembrar).
O ano terminou. Sim, ainda faltam alguns dias, mas, comparando com os tantos que já passaram, o ano terminou.
E o que você fez?
Eu fiz várias coisas. Namorei intensamente, amei, fui amado, me apaixonei, sofri, ri demais, fui muito feliz, fiz outras pessoas felizes, fiz as mesmas pessoas, tristes, terminei um namoro, sofri, publiquei um livro, vendi esse livro, escrevi outro livro, transformei meus blogs em sites, investi dinheiro, gastei dinheiro, perdi dinheiro, ganhei presentes, dei presentes, recebi ingratidão, fui ingrato, fui odiado, despertei raiva e paixão, sofri mais um pouco, fiz planos, desfiz os mesmos planos, fiz outros planos e não sei como eles se desenvolverão, fiz mais outros planos que farei de tudo para darem certo, pensei, agi por impulso, tive medo, chorei, me desiludi, me entreguei à falta de esperança e senti a presença dela rugindo dentro de mim, amadureci.
2011, pra mim, foi exatamente como desejei que fosse, no fim de 2010.
Um ano intenso, muito intenso, e isso ele não deixou de ser. Com certeza o mais intenso de toda a minha vida.
Agora o ano irá novamente nascer, renascer das cinzas deste que termina. Nunca mais haverá um ano de 2011 no calendário cristão. Este foi o único e, com certeza, único na minha vida. Dele eu com certeza me lembrarei para sempre, com dezenas, centenas de lembranças boas e também algumas tristes, mas que apenas contribuíram para a minha evolução. Um balanço geral de 2011? Muito bom, ótimo, o melhor ano da minha vida. E é bom pensar nisso, pois foi exatamente isso que quis que ele fosse, quando 2010 terminou.
Mas agora 2011 também termina, com certeza não da forma que imaginei quando ele começou, mas, reunindo todos os aspectos, glamouroso.
E o ano que se iniciará será 2012, outro ano para outras experiências, outras conquistas, outras realizações.
E eu desejo, intensamente, que 2012 seja melhor que 2011, muito melhor. Não importa o que acontecer nele, só importa que eu possa continuar realizando os meus sonhos e, com certeza, continuar sendo feliz, e ser ainda mais feliz do que fui em 2011.
Desejo, também, é claro, isso para vocês, meus leitores, todos vocês. Que seus sonhos se realizem, pois os sonhos são os verdadeiros caminhos para a felicidade. Os verdadeiros caminhos, pois eles são infinitos, ainda que levem a um ponto em comum.
E que vocês nunca deixem de acreditar no amor, aquele amor verdadeiro, intenso, pois o amor pode mover muito mais do que montanhas. O amor pode mover mundos.
O que você achou?

0 comentários:

Postar um comentário

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Online Project management