22 de dezembro de 2011

Ao melhor estilo Obama




Yes, we can.
O ex-candidato, hoje presidente (não por muito tempo) dos EUA usou esta frase como slogan de sua campanha: Yes, we can (Sim, nós podemos).
Realmente, nós podemos mesmo.
Essa frase vai muito além de três palavras entusiastas para comprar votos através de uma imagem de auto confiança e determinação.
Adotei-as, no singular, para a minha vida (mas não por causa do Obama, com certeza).
Sim, eu posso.
Para mim, um dos maiores – se não o maior – problema das pessoas é o antagonismo do que esta frase quer dizer, que pode ser resumido em uma palavra: desacreditar.
Desacreditar de si é simplesmente o maior – e o mais comum – erro que uma pessoa pode cometer na vida. Pior do que isso: é a pior escolha.
Sim, porque escolhe-se desacreditar das coisas, das pessoas, de si. Escolhe-se, pois tudo na vida é feito de escolhas. Eu escolho quem eu quero ser e pronto, ninguém pode me dizer o que posso ou não fazer, como devo ou não devo ser. Eu sou aquilo que quero ser. Desde que eu escolha diferente, é claro. Desde que eu escolha acreditar.
O que seria, realmente, o causador da força de vontade e da auto estima?
A escolha.
Ter força de vontade é uma escolha? Auto estima é uma escolha? Provavelmente você deve estar olhando com desdém para estas palavras (ou pelo menos há alguém que está), mas eu não digo nada além da verdade. Sei que é verdade porque foi exatamente assim comigo.
A pior parte, a mais difícil, nem é tomar a decisão. Escolher é fácil, até, começar a colocar em prática, um pouco menos, mas a pior parte realmente é passar do desacreditar para o acreditar. É cruzar a tênue, porém poderosa, linha que divide estas palavras antagônicas, é cruzar a fronteira do quase. Do quase conseguir, do quase acreditar, do quase ser feliz.
Como alguém pode ser feliz se não acredita, confia, em si? Não pode, simplesmente não pode.
Não estou aqui dizendo que sou a pessoa mais confiante do planeta, longe disso. Tenho meus momentos de indecisão e medo, sim, mas de uma coisa eu tenho sim certeza: nada é impossível. Nada, simplesmente nada, e depende apenas de nós conseguirmos aquilo que queremos.
Mas não adianta pensar também: uma hora eu decido, uma hora eu vou conseguir mudar.
Não, você nunca vai conseguir mudar pensando assim.
As coisas não acontecem no futuro, nem no passado. As coisas acontecem apenas no presente, no agora, e é por isso que ele tem esse nome, pois é uma dádiva concedida a nós por Deus. Podemos mudar o presente, nada mais que isso, e então construirmos um futuro que, quando chegar, nada mais será que o próprio presente, aquele presente que nos demos no já então chamado passado.
Construímos, no agora, o nosso presente do futuro, e é nisso que temos que investir.
Basta apenas aquela pequena palavra: Acreditar.

O que você achou?

0 comentários:

Postar um comentário

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Online Project management