17 de dezembro de 2010

Aquele aperto no peito...


Todo mundo, com certeza, já sentiu essa sensação. Um aperto no peito que chega a ser quase doloroso fisicamente, uma angústia, um pensamento constante...
Esse aperto, porém, pode ter vários significados.
Na maioria das vezes que somos fragilizados emocionalmente ou estamos sentindo uma emoção forte ou possuímos um sentimento intenso, tal aperto se manifesta. Ele pode ‘significar’ amor, dor, perda, traição... muitas coisas, mas tem um significado que eu acho que é mais forte: saudades.
É claro que ele é mais forte, justamente porque nunca está sozinho, mas sempre acompanhado ou do amor, ou da dor.
Saudade...
Gosto dessa palavra, mesmo que não me agrade senti-la, ainda mais a que sinto agora, porque é uma palavra única! Apenas o nosso idioma possui uma única palavra para exprimir tão forte sentimento. Os outros precisam de expressões. Mas nós podemos sentir realmente toda a força que essa palavra, esse sentimento, possui de uma vez só: saudades...
Você sabe por que é no coração que dói ou sente-se aquele prazer por causa de um sentimento? Já ouviu falar dos chacras? Temos oito no corpo e cada um deles é responsável por controlar energias especificas. A energia dos sentimentos é controlada pelo chacra do coração.
Dizem que o tempo cura tudo. Verdade, ele cura uma boa parte das coisas. Pode fazer uma cicatriz se formar, uma dor diminuir ou até passar, uma paixão acabar, um ódio sumir... ele minimiza a maioria dos sentimentos, mas com a saudade é exatamente o contrário: quanto mais tempo passa, maior ela fica.
A saudade nos faz pensar na pessoa pela qual a sentimos com mais freqüência (mais freqüência do que já penso? O.O) e, assim, faz com que alimentemos esse sentimento bom e ruim ainda mais.
Bom e ruim? Sim, acho que sim.
É ruim porque é doloroso, porque significa que a pessoa que amamos está longe de nós, e pior ainda é quando está fora de nosso alcance fazer essa saudade acabar. Mas é bom porque nos mostra que o amor é verdadeiro, faz com que o amor cresça ainda mais, nos mostra o quanto aquela pessoa é importante para nós, nos faz ver com mais clareza que, agora, não podemos mais conceber uma vida sem ela...
Cara, que aperto no peito!
Sinto uma vontade tão grande de abraçá-la! Pelo menos eu sei que ela volta, vai demorar um pouquinho, mas vai passar rápido, e esse pensamento me faz continuar feliz, pois vou encontrá-la em breve. Fico pensando como seria se ela não voltasse, se um dia ela for para longe, muito mais longe do que está agora... Como dói só de pensar!
Ah, já sei então! É só não pensar! ;D (é o combinado ^^). Pra que, também, se preocupar com algo que ainda está longe de acontecer? Quando acontecer, eu penso nele! Agora vou é aproveitar essa saudade para sentir meu amor crescer ainda mais, para, quando ela voltar, abraçá-la bem forte e não soltar durante um bom tempo.
Ah, não falei uma coisa!
(e isso é só para UMA pessoa, ok pessoal?)
Eu te amo.
O que você achou?

0 comentários:

Postar um comentário

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Online Project management