15 de agosto de 2010

Apenas Palavras


Não sei exatamente o que escrever. Eu recebi uma noticia... hum, bombástica, eu diria, e perdi um pouco o fio dos pensamentos. Ai me deu vontade de escrever e eu estou aqui agora.
Estranho como as coisas mudam tão rapidamente na sua vida não é? Uma hora são uma coisa, e na outra, todas as esperanças se desfazem em um segundo, só para aparecem em um fiozinho tênue logo em seguida. E dizem que um segundo não é importante. Um segundo pode mudar toda a sua vida.
Quantos segundos já não foram definitivos na minha vida? Mesmo não sendo tão importantes assim (pra mim são) eu poderia citar alguns aqui, mas eles não vem ao caso agora.
No momento (não sei onde isso vai levar nem o quanto isso vai mudar minha vida) o segundo mais importante, e até mais triste, foi o que sucedeu a mensagem inesperada. Nunca passei por um segundo tão longo. Mas beleza, essas coisas acontecem mesmo, ninguém nunca disse que a vida era perfeita e eu já sei disso há muito tempo.
O que eu não entendo é porque ela tem quer ser assim. Porque tem que ser tão difícil? Tão dura? Não acredito em destino, mas as vezes acredito que certas pessoas não nasceram para viver certas coisas, por mais que elas queiram fazer isso. Me revolto quando dizem “Se tiver que ser, será”. NÃO VAI! Se eu não tomar a atitude, agir nas horas certas, executar as ações corretas, não vai ser. Não adianta ficarmos sentados esperando as coisas acontecerem como Deus quer. Deus não guia as nossas vidas por nós, é por isso que temos o direito de escolha.
Mas e quando você se cansa de agir e, mesmo assim, as coisas não acontecem?
Vem aquele desânimo já muito conhecido, aquela vontade imensa de chorar e se entregar, desistir e deixar a vida seguir sozinha, sem participar realmente dela. Porque, meu, mesmo você se esforçando para que as coisas aconteçam, elas teimam em dar errado.
Já há algum tempo eu admiti na minha vida o “Sim, eu posso”. Eu sei que posso, acredito que posso fazer qualquer coisa. Mas que a tristeza bate de vez em quando, ah ela bate. É muito difícil se manter firme sobre todos os problemas da vida. Dói muito e é necessário esforço, perseverança e coragem.
Sinto meu coração apertado enquanto escrevo, pois não sei nem como vai ser o meu presente, quanto mais o futuro.
Porque as distâncias precisam existir? Porque tantos problemas tem que ser colocados no caminho? Porque as coisas não podem ser fáceis, pelo menos uma vez? Já me perguntei isso centenas de vezes e acho que vou continuar me perguntando enquanto alguém não vier me dar uma resposta.
Como já falei não sei exatamente o objetivo desse texto. Eu só precisava escrever um pouco.
Valeu...
O que você achou?

3 comentários:

Paloma disse...

seei qe ja disse isso
mas como voc me ensinou a comentar
e naum quero disperdiçar aprandizado
qe post triste Gustavoo
):

Ricardo disse...

Entendo... ¬¬
As vezes por mais q vc faça, nunca dá certo e vc desanima e começa a abrir mão... e deixa a vida levar...
Ouvi uma vez q qq homem pod ser o principe encantado d uma mulher, soh precisa ter o cavalo certo... mas as vezes duvido disso... =/

Fazer oq, essa dificuldade toda deve ser devido ao nosso "gosto requintado para mulheres"... ñ há outra explicação... sempre escolhemos as melhores, as maçãs do topo... ^^"

Nathan Gonzales disse...

This is real Life, meu querido ...
Infelizmente (ou felizmente) algumas coisas são mais dificeis ...

Do texto, não entendi algumas coisas (sou péssimo com subjetivismo), mas percebi que tu estas triste.

Dica: Vá para SP e pegue um Metrô. Fique andando pra lá e para cá, até você
cansar. (me ajuda quando quero ficar sozinho e pensar na vida). No metrô, vc provavelmente nunca vai achar alguém conhecido e o barulhinho dele andando ajuda a pensar nas coisas ...)

abs, meu Amigo!

Postar um comentário

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Online Project management