27 de outubro de 2011

O mundo e a sua falta de coordenação


Coordenação motora.

Segundo a Wikipedia: capacidade de usar de forma mais eficiente os músculos esqueléticos (grandes músculos), resultando em uma ação global mais eficiente, plástica e econômica.

É simples. Para andarmos, falarmos, pensarmos, realizarmos quaiquer tarefas, precisamos de coordenação motora. As crianças tem menos do que os adultos, justamente porque tiveram menos tempo para praticá-la e também por seus corpos e mentes ainda não estarem completamente desenvolvidos.

Olhando para os outros animais, percebemos que a coordenção deles é inata da espécie. Eles nao precisam de treinos incessantes ou alguém que ensine. Eles simplesmente aprendem sozinhos.

Com o ser humano não é assim, mas há toda uma razão de socialização por trás disso, de racionalidade. Não vou, porém, entrar nesse assunto. O assunto hoje é outro.

Quero abordar o fato da falta de coordenação das pessoas.

É incrível como tem gente que não consegue correr sem cair! Como se pode dominar tão pouco o corpo dessa forma? Têm também aquelas pessoas que não sabem se desviar de nada. Se outra vai na direção delas, não conseguem dar um passo para o lado. Se a outra pessoa não desviar, elas simplesmente param de andar.

As escadas e esteiras rolantes são outro ponto. Tirando os idosos, que realmente perdem coordenação com o tempo, quantas pessoas, muitas ainda bem novas, nao precisam pensar e calcular para entrar em uma escada rolante? Se você é desse tipo, me desculpe estar falando, mas não entendo isso.

A movimentação do nosso corpo deveria ser algo natural, fácil, e ações como andar, correr, desviar-se, pular, fazer pelo menos duas coisas ao mesmo tempo, não deviam ser complexas para nós. Afinal, vivemos neste corpo desde o princípio das nossas vidas, estamos nele todo o tempo de todos os dias, com exceção da hora em que dormimos, mas a maioria das pessoas não consegue segurar uma bola que foi lançada na direção delas lentamente.

Me desculpe se estou parecendo muito indgnado, mas é que eu vejo pessoas se complicando tanto com tarefas tão simples que eu fico abismado (e eu não estou me achando agora). Apenas tenho, isso é inegável e impossível de eu não perceber, uma coordenação motora muito maior do que a média da população, e estou sempre querendo aprimorá-la mais.

As pessoas, porém, não ligam, preferem viver enclausuradas em seus próprios corpos, limitadas de fazer dezenas, centenas de coisas. E tudo isso porque não têm e não exercitam a sua coordenação motora.

Coordenação não é algo que apenas se nasce com ela. É óbvio que há pessoas que naturalmente controlam seu corpo com muito mais eficiência que outras, mas a coordenação pode (e deve) ser trabalhada e aprimorada, afim de ficarmos cada vez menos prisioneiros de nós mesmos, de podermos fazer cada vez mais coisas.

Sim, eu sei que é difícil trabalhar e ganhar coordenação, mas isso apenas no começo. Depois que se chega a certo “nível”, a coordenação adquirida nos ajuda a galgar níveis mais altos mais rapidamente. E pode ter certeza que é extremamente agradável e reconfortante ver que você sabe, pode fazer coisas que antes não conseguia, coisas que outras pessoas não conseguem.

O problema é que a humanidade é preguiçosa demais para isso, só que este é um assunto para outro texto.



Até mais!
O que você achou?

0 comentários:

Postar um comentário

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Online Project management