14 de novembro de 2011

Faith



Fé. “Firme opinião de que algo é verdade, sem qualquer tipo de prova ou critério objetivo de verificação, pela absoluta confiança que depositamos nesta idéia ou fonte de transmissão” (Wikipedia).

Para se ter fé, não é necessário que o alvo de nossa fé não tenha uma prova ou comprovação. Alguns vao dizer que ter fé em algo que é provado não é fé, mas isso é uma mentira.

“Fé inabalável é só aquela que pode encarar a razão, em todas as épocas da humanidade”. (Alan Kardec)

Quando a fé não possui uma base ou fundamento, quando ela é uma fé cega no sentido de que acredita em qualquer coisa que seja dita sem uma avaliação própria para ver se aquilo é ou pode ser verdade, essa fé é falha, pois quando confrontada com a razão, cai.

Por exemplo: Deus é soberanamente justo e bom, não comete erros, não pune, é um ser perfeito, pois, se ele fizesse algo como castigar ou se zangar, apresentaria características humanas, falhas humanas, e isso o tornaria um ser imperfeito, o que simplesmente não é aceitável. Mas algumas pessoas preferem acreditar que Deus castiga sem nem mesmo pensar um pouco sobre o assunto.

E se Deus não castiga, como podem duas pessoas, partindo do ponto em que essa vida em que vivem é o início de suas existências, nascer uma na favela e outra no Brooklin, sendo que a da favela nunca fez nada de errado para merecer morar lá nem a do Brooklin fez algo de bom para ter tal privilégio? Que Deus justo e bom é esse que favorece um enquanto coloca o outro no sofrimento?

Que Deus é esse que cobra das pessoas uma taxa mensal para que elas sejam salvas, para que seus pecados sejam perdoados e elas então possam ir para o céu? De que importa o nosso dinheiro para Deus, eu me pergunto. Afinal, ele não come, não usa roupas, nem necessita de bens materiais para sobreviver ou como luxo. Deus não precisa, não quer o nosso dinheiro. Mas ninguém nunca para para pensar nisso.

A real fé inabalável é aquela fundamentada pela razão, pela lógica, é a que tem sentido, é a que não se contradiz, a que não tem preconceito, a que não impõe nada, a que aceita a todos sem distinção.

Kardec, ao escrever suas obras básicas, disse: "Se algum dia a ciência provar que estou errado, fique com a ciência, pois a ciência se baseia em fatos para afirmar algo". Se a ciência diz que algo é comprovadamente certo, então é certo. O problema é que até hoje a ciência nunca conseguiu provar nada que contradiga o que Kardec disse. Pelo contrário. Cada vez mais a ciência estuda e aceita os escritos de Kardec. Até hoje, todo aquele que se dispôs a provar que ele estava errado, fracassou. E muitos simplesmente aderiram aos seus ensinamentos, pois comprovaram que eles estão certos.

Isso é fé. A fé de Kardec naquilo que foi transmitido por ele é que é a verdadeira fé. Você quer duvidar de alguma coisa que ele escreveu? Sinta-se mais do que à vontade. Temos o direito de duvidar do que quisermos. Mas não se baseie em pensamentos infundados, sem razão ou lógica. Quer duvidar, prove que as coisas não são da forma como ele disse que são.

“Mas como se pode provar que algo não existe?”, alguns podem dizer. Ué, porque todos acreditam na frase usada por juízes e advogados “Inocente até que se prove o contrário” e não aceitam provar que algo não existe? Prove que uma pessoa não é inocente, então poderá acusá-la. Prove que o espiritismo está errado em seus ensinamentos, então poderá acusá-lo.

O problema é que as pessoas odeiam ser contrariadas, odeiam que digam que estão erradas. Não estou dizendo que o espiritismo é a religião certa e as outras estão erradas: todas as religiões levam a Deus. As crenças não são falhas, falhos são aqueles que as praticam.

Pena que as pessoas preferem se fechar nas trevas da ignorância e não aceitam ao menos analisar os argumentos do outro antes de julgá-lo e condená-lo. Felizmente eu sei que chegará o dia em que as religiões não serão mais necessárias. Não pense que haverá uma única religião. Não, não haverá mais religiões. Todos aceitarão a verdade da vida como ela é, pois, não importa o que você diga ou no que você acredita, você não pode mudar a realidade. As coisas são como Deus as criou e continuarão sendo para sempre, independente da fé que as pessoas decidam seguir. O que devemos fazer é apenas seguir uma vida justa e boa, sem prejudicar a nós e nem ao próximo. Se fizermos isso, estaremos fazendo tudo o que Deus quer que façamos, ainda que nem mesmo acreditemos nele.
O que você achou?

0 comentários:

Postar um comentário

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Online Project management