1 de novembro de 2011

(Ao ano)²


Um ano.
Para aqueles que já viveram muitos destes, muitos mais que eu, um ano não é um período grande demais. Bem, para mim é sim. Até porque, quanta coisa não acontece em um ano? Apenas um segundo já é o suficiente para mudar toda a nossa vida, imagina então um ano.
E foi exatamente o que aconteceu comigo.
Não posso dizer que este último ano acabou, mas sim que a partir de agora 2011 será um ano completamente diferente do que estava sendo. Será como se eu vivesse dois anos diferentes no mesmo ano, e de fato é isto que está acontecendo.
Este ano que “findou”, iniciou-se no dia 22 de outubro de 2010 e mudou completa, irreversível, irrevogável e maravilhosamente a minha vida. Hoje, se este ano não tivesse acontecido, se o fato que o iniciou naquele dia não tivesse ocorrido, eu seria uma pessoa diferente da que sou agora, e posso dizer com toda a certeza que hoje sou uma pessoa melhor do que era no dia 21 de outubro de 2011.
Este foi um ano, como já disse em cima, maravilhoso, que me trouxe dezenas, centenas e milhares de ensinamentos, aprendizados, felicidades, alegrias, prazeres, amor, momentos, recordações, sorrisos, risadas, declarações...
De todos os anos que já vivi, esse posso dizer que foi O ano.
Não tenho como afirmar se os que virão serão melhores ou piores. Na verdade, acho que isso, depois deste ano, não existe mais. A partir de agora os anos serão apenas diferentes, pois todos eles serão maravilhosos, e tudo isso por causa deste último ano.
Pois esse ano me trouxe um grande amor, um amor verdadeiro, que nunca irá sair de dentro do meu coração, da minha mente, da minha memória, e para sempre vai ocupar o seu espaço em mim, influenciando toda a minha vida e meu modo de pensar.
Este ano me modificou de forma profunda, e eu agradeço enormemente por ter tido a oportunidade de vivê-lo. Agradeço imensamente à pessoa que me permitiu viver tudo o que vivi.
Ainda que agora ela possa não acreditar ou às vezes duvidar de tudo o que eu disse, fiz e aconteceu, é uma das pessoas mais especiais para mim e, mesmo que um dia vá para longe, nunca sairá de perto de mim, nunca sairei de perto dela. Porque quando você cativa alguém, você se torna eternamente responsável por aquela pessoa, assim como a pessoa, que te cativou, também se torna por você.
Porque eu dei muito de mim e recebi muito em troca. Muitos pedaços de mim hoje habitam o coração dela, assim como os pedaços dela habitam o meu, e isso nada nem ninguém nunca poderá mudar de forma alguma. Crescemos, aprendemos, amaduremos, descobrimos coisas, experimentamos outras, arriscamos algumas, tudo isso, juntos.
Deste ano, guardarei apenas as coisas boas, pois as más nem mesmo parecem ter existido. Foram apenas detalhes que hoje não importam mais.
Nunca direi, também, que não deu certo. Porque sim, deu muito certo. Modificou-nos profundamente, e para melhor, e é isso que importa.
O amor que ela me ensinou a sentir, o amor que me mostrou ser capaz de despertar em outras pessoas é a prova mais verdadeira de que deu certo.
Um amor verdadeiro nunca acaba, apenas se transforma, por isso nunca deixarei de amá-la e também de agradecê-la por ter me feito tanto bem, por ter dado tanto dela a mim e me permitido dar tanto de mim a ela.
Obrigado.
O que você achou?

0 comentários:

Postar um comentário

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Online Project management