17 de janeiro de 2011

Que tal uma partida de truco?


“Não podemos trocar as cartas que recebemos, mas apenas pensar como jogar”.
Randy Pausch, A Lição Final
Uma frase simples que se aplica perfeitamente a qualquer jogo do mundo, inclusive o da vida.
A todo momento as pessoas reclamam das cartas que receberam pra jogar nessa vida. Até mesmo os mais afortunados não estão satisfeitos. Os ricos são preenchidos pelo vazio de nunca encontrarem o que procuram, os pobres por não terem o que querem. Todos sempre estão tentando ver a mão do outro e, se pudessem, trocariam suas cartas pelas dele. Talvez isso fosse bom em algumas ocasiões, assim as pessoas poderiam ver que os problemas continuariam com elas.
O que a maioria das pessoas esquece de fazer é de olhar a própria mão e pensar: certo, tenho esse jogo, vamos ver o que posso fazer com ele.
Gastamos tempo nos lamuriando em vez de pensar na melhor estratégia para se vencer através daquelas cartas.
Na vida, nenhum jogo é condenado.
No truco sujo, três cartas quatro é o pior jogo que existe se a manilha não for o próprio quatro. Na vida, pode-se vencer com isso.
Quantas pessoas não estão por ai aceitando seus problemas, convivendo com eles e descobrindo um meio de tornar a vida boa ainda que eles existam? Não são poucas, mas, comparadas com o resto, são minoria absoluta.
O importante é, quando aparecer um problema, nós olharmos nossa mão e usarmos a tática certa, a combinação perfeita de cartas para dar a volta por cima e sairmos vitoriosos mais uma vez.
Quantos problemas já apareceram na sua vida? Você aceitou todos eles? Conseguiu contorná-los e superá-los?
Comparando-se com a vida das pessoas que conheço, eu não vivi uma das mais fáceis, mas desde pequeno aprendi que não adianta eu ficar chorando se não posso fazer algo. Adianta sim eu me esforçar para fazer o que tem que ser feito para que aquele problema saísse da minha vida, e é assim que faço até hoje. Um empecilho? Enfrento-o dignamente e o suporto até que eu possa finalmente continuar sem ele, eliminando-o por completo.
Olhe mais para a sua mão e pense no que pode fazer com as suas cartas e assim você vai perceber que todos os problemas tem solução.
O que você achou?

0 comentários:

Postar um comentário

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Online Project management