1 de maio de 2011

Porque não?


Muitos porquês e porque não nos rodeiam, me rodeiam, e hoje ouvi um porque interessante: porque você não está mais postando no blog?
Não tenho certeza sobre isso.
Às vezes falta tempo. Às vezes falta vontade. Às vezes falta inspiração. Às vezes falta alguma coisa.
Que coisa?
Não sei.
Assim como muitas outras.
Mas, pensando um pouco mais sobre o tema, deixando minha mente analisá-la melhor, acho que às vezes, o que me faz não postar tanto como antes, é a vontade (não falta de) de poder viver apenas para isso, apenas para escrever, sem precisar trabalhar no que não quero, podendo ver meus livros publicados, meus textos reconhecidos...
Antes, eu tinha uma média diária de 50 visitas. hoje, há dias em que nem 10 entram aqui, mas isso não é o mais importante. Números não são o mais importante. São significativos, pois, se eu quiser viver da escrita, muitos terão que gostar do que escrevo. Ainda assim, fico muito grato a cada um que entra aqui e “perde” um pouco do seu tempo para ler o que escrevo.
Sabe aquele seu maior sonho?
Então, o meu é escrever.
Ninguém nunca disse que seria fácil, com certeza, e eu não espero que seja (por mais que quisesse que fosse), mas será que seria mesmo bom se fosse fácil? Uma das melhores coisas é a glória da conquista de algo difícil. Só que tudo é tão difícil...
Ainda assim, não desanimar nunca não é?
Em 9 meses de existência, este blog me deu muitas coisas já. Alegria principalmente. Mas deu também conhecimento, emoções, foi meu “diário”, meu desabafo, o ombro no qual chorei, os braços que me acolheram...
Esse blog é muito especial para mim, obrigado se alguma vez você leu algum texto meu, mesmo que essa seja a sua primeira visita.
Aos meus leitores antigos, obrigado por continuarem a vir, mesmo com a escassez de textos. Prometo me esforçar para produzir mais!
^^
O que você achou?

0 comentários:

Postar um comentário

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Online Project management