30 de abril de 2011

Alegria





O nome já diz tudo:

Alegria.

Alegria de viver,

De cantar,

De ser feliz,

De se expressar através da música,

De poemas,

De sons,

De sorrisos, de gestos, de olhares, de palavras, de rimas...

Da arte.

Festa:

União de todas essas coisas.

O primeiro pensamento:

Precisamos fazer uma festa.

Para que?

Para ajudar, a principio.

Aos outros e a nós, queríamos apenas ajudar.

Material ou espiritualmente, não importava,

Precisávamos apenas cumprir nosso dever.

Então veio o segundo pensamento:

Precisamos de um nome!

Nome, nome, nome, nome...

Como é difícil nomear algo que não tem nome!

É uma vontade de ajudar e ao mesmo tempo ser feliz,

Cantar, dançar, rir e sorrir!

Perai... que nome se dá para essas coisas?

Alegria!

Então, porque não, Festa da Alegria?

Encontramos o nosso nome!

Agora, era mãos à obra.

Dificuldades não faltaram até o segundo do “começo”.

(apenas para os outros, para nós, ela havia começado há muitos meses).

Mas acabou que tudo deu certo.

A festa começou, se realizou e terminou.

Terminou?

Não. Apenas se reiniciou.

Foi um sucesso?

O que seria um sucesso para você?

Em números, (de pessoas e dinheiro)

Não foi realmente grande coisa.

Em quantidade, foi espetacular.

Quantidade de felicidade, de alegria, de risos, de cantos, de musicas, de choro...

A Festa da Alegria foi o início de um sonho.

O sonho de sonhar, de realizar, de ajudar a melhorar.

E para quem no começo teve medo de não conseguir começar...

Quatro anos.

Há quatro anos, neste mesmo mês,

Teve-se inicio este ideal.

Maio, mês chuvoso e de frio,

Mas até hoje não houve uma festa em que uma gota caiu do céu.

Sim, nós sabemos, não estamos sozinhos nessa.

Ao nosso lado, por trás dos sorrisos dos que se vêem,

Há os que não se vêem,

Aqueles encarnados que nos ajudam a arrumar,

Preparar, cozinhar, servir...

Há aqueles também que nos ajudam a não desanimar,

A perseverar e acreditar.

A sonhar.

A nossa festa foi um sonho que descobrimos sonhar quando começamos a realizar.

E agora ela está aqui, novamente,

Perpetuando-se e proliferando-se

Nos corações de todos os jovens,

De espírito e de corpo,

Para mostrar que,

Por mais que às vezes pareça difícil,

Basta apenas nosso esforço e força de vontade

Para que possamos sorrir,

Para que aja

A Alegria.
O que você achou?

2 comentários:

Adriana disse...

Que legal Gustavo!!!

AMEI este poema!
Favor recitá-lo na 4ª FESTA DA ALEGRIA!!! O/

Parabéééns! =D

Gustavo dos Reis!!! disse...

ahhh obrigado!!
hehe vou recitá-lo sim, pode deixar ;D

obg novamente XD

Postar um comentário

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Online Project management