4 de fevereiro de 2011

Quando devemos parar de temer?


Quando devemos começar?
Quando é que vamos parar de chorar?
O que precisamos para deixar de pensar e começar a fazer?
A hora é agora, vamos deixar acontecer!
Um grande problema da humanidade: o medo.
A salvação de todos: os sonhos.
O maio problema da humanidade: o medo de sonhar.
Os sonhos são nossos companheiros desde que nascemos. Assim que somos concebidos, sonhamos em abrir os olhos. Perseguimos esse objetivo e finalmente começamos a enxergar o mundo. O tempo passa e os sonhos se tornam mais ousados: os primeiros passos, as primeiras palavras, aprender a comer sozinho, correr, escrever, contar e assim por diante. Vamos atrás de cada um desses sonhos e os alcançamos, na maioria das vezes.
Quando estamos lá pelos nossos nove ou dez anos os sonhos se tornam mais ousados. Não são apenas coisas que todos devemos fazer, mas sim conquistas próprias que começam a ter a nossa cara. A maioria das crianças já começa a escolher (ainda que não seja o que ela vai seguir) algo que ela “quer ser quando crescer”. Outros começam a fazer esportes ou aprender um idioma diferente, música, dança, ou qualquer outro tipo de arte.
E é nessa fase que os medos começam a aparecer. Medo de não ser bom o suficiente, medo de que um dia tenha que parar, medo de se machucar, medo de não dar certo, medos, medos, medos e mais medos.
Porque tanto medo?
Algumas pessoas tem tanto medo que algo possa dar errado que nem começam. Como você vai saber se vai dar errado se nem tentou fazer? Tente, depois me diga o que aconteceu. Não comece algo pensando: ah, mas daqui há algum tempo vou ter que parar. Tudo bem, se tiver mesmo que parar, valeu a experiência.
Eu prefiro ter algo nem que seja por um segundo, do que nunca tê-lo.
Quantos nunca sonharam em ser jogador de futebol? Um músico famoso? A primeira bailarina? A maioria dessas pessoas nunca chegou a ser o que sonhou quando criança, mas muitas vezes apenas perseguir um sonho nos ajuda muito mais do que se um dia nós o realizássemos. A perseverança e força de vontade que adquirimos ao correr atrás do que nós queremos, será levada para o resto da vida e nos ajudará em tudo que formos fazer. Além de que as habilidades adquiridas nos serão úteis em tudo. Porque quando se aprende a tocar um instrumento, por exemplo, a habilidade que se adquire não serve só para a música, pois ela te deixa mais rápido e alerta, mais sensível e perceptível ao ambiente.
Se metade dos seus sonhos de infância não se realizarem, não fique triste, o que realmente importa é que você teve a coragem de sonhá-los e de ir atrás deles e assim se tornou uma pessoa melhor, desenvolveu seu corpo e mente.
Você não se lembra mais quais eram os seus sonhos de criança? Que pena. Mas tudo bem, nunca é tarde para se começar a sonhar.
O que você achou?

0 comentários:

Postar um comentário

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Online Project management